domingo, janeiro 27, 2008

Ainda respiram


Afinal e apesar do massacre a águia lá saiu vitoriosa de Guimarães.
Ainda há treinador, nem sinal de (verdadeiros) reforços e o papagaio do Presidente lá voltou a aparecer...

11 comentários:

Rui Gamboa disse...

Com franqueza, massacre?!? Deduzo que estejas a dizer que foi o Benfica que foi massacrado?

Um pouquinho mais de atenção ao que se vai passando no mundo da bola era bom:

1. Não houve massacre nenhum. Houve um jogo muito equilibrado, onde o Benfica marcou cedo e depois tentou (e conseguiu) aumentar a vantagem

2. Imagina que é o Guimarães que marca primeiro... o Benfica passaria o jogo todo a tentar marcar e perdia por 3-1?

3. É que já foram tantas vezes que vi isso acontecer ao contrário, que acho que era altura de ser para o Benfica.

4. Quantas oportunidades de golo (reais) teve o Guimarães? 2? 3? O Benfica teve pelo menos 3.

Sinceramente, venho a este blogue frequentemente e só vejo é dar para baixo no Benfica. Está tudo mal, é tudo mal feito. Que reforços é que se pretende agora? Algum desmarcado qualquer, que ninguem o quer, tipo Grimmi? Ou então, ir a América do Sul e esperar 6 meses até se habituarem ao estilo europeu. Ou será que preferimos ir buscar um ou outro jogoador desconhecido, fruto de trabalho de prospecção sério? É que quando se fala mal deste Halliche, eu lembro o David Luiz e mais não digo. Portanto, reforços? Basta ir aos comentários na página do jornal Record e ver como há imensos "entendidos" em CM, mas não em futebol, que querem Julios Baptistas e Saviolas, etc.

O Presidente do Benfica é um bronco, é sim. Mas tem combatido o máfia do Porto da melhor forma que lhe é possível. Deu-nos um campeonato, levou-nos longe nas competições europeias. Estamos em 2º lugar, mas lutamos com armas desiguais em relação a quem vai à frente e é disso que se deve falar mal, não de tudo o que o Benfica faz.

Pedro Rocha disse...

Rui, na segunda parte só deu Guimarães e a melhoria da exibição do Benfica foi devido a mais corrida e empenho. Mas se tem sido o Guimarães a marcar primeiro o Benfica nunc amais dava a volta. Aliás, não tenho a certeza mas, penso que esta época ainda não viramos nenhum resultado.

Quanto ao Halliche não disse que ele não tem qualidade mas o facto do treinador afirmar que desconhece o jogador é no mínimo caricato.

O benfica só luta com armas desiguais porque quer, não tinha sido impossível segurar o Simão, e o Miccoli era mesmo viável a sua aquisição.
Quanto a combater a máfia do porto, basta lembrar o Vale e Azevedo que tava sempre a falar mal do Pinto da Costa e foi o que se viu.
A política desportiva do L.F. Vieira é muito má. As aquisições deste ano foram horrivelmente más.
Até o Rodrigues perdeu chama mal se começou a falar em renovação.

Anônimo disse...

Meu caro Rui Gamboa
Mafia existe em todo o lado. Não só na cidade do Porto. Não ponho as mãos no fogo por ninguém no futebol português - ninguém mesmo. Se o benfica preocupasse só consigo - em vez de combater a "máfia" se calhar já estava um pouco melhor.
A diferença do FCP pro outros, está nas condições que o clube oferece: nometárias e não só. Lá os jogadores não são esquecidos. No caso Quaresma (entre outros), o público embirrou com ele desde o inicio, por isso esse vai ser esquecido - com muita pena minha.
Cumprimentos

Anônimo disse...

Só para acrescentar, deixo-lhe aqui alguns nomes que fazem a diferença entre o FCP e o Benfica: Deco, Maniche, entre outros. E comoo próprio Nuno Gomes disse ainda há muito pouco tempo: talvez no Benfica o Lizandro tivesse sido dispensado!

Miguel disse...

Posso acrescentar ao anónimo, que paciencia não sera o Porto o melhor exemplo. Basta ver quem são os melhores marcadores dos campeonatos da Alemanha e Espanha. Sim, Diego e Luis Fabiano. Paciencia? Não foi com eles certamente...

Miguel disse...

Quem vê esse blog, até nem diria que o Rocha é benfiquista. lol
Não acho mau o Camacho não conhecer o Haliche, este não veio para o plantel principal. É um jogador de futuro, observado pelo departamento de prospecção, que finalmente parece funcionar.

Miguel disse...

Quanto ao Simão, este é que quiz sair.
Tal como o Miccoli, queria ir para Italia e além disso, tinha um ordenado muito elevado.
E passa metade de uma época no estaleiro, (Falha muitos jogos importantes por época).
Acho que era um mau investimento, basta veres quantos jogos e golos ele faz em média

Palermo:
Esta época: 12/19 jorn - 5 golos

No Benfica:
1ª época: 17/34 jorn - 4 golos
(passou metade da época lesionado)

2ª época: 22/30 jorn - 10 golos


O Cardozo:
Esta época: 16/17 jorn - 7 golos


Até o Nuno gomes tem melhor rendimento que o Miccoli nesta época:
15/17 jorn - 6 golos


Apesar do Miccoli ser um bom jogador, nunca se sabe quando se pode contar com ele. Acho que é um mito criado por alguns benfiquistas!

Anônimo disse...

Ninguém é perfeito. E ainda pior do que esses dois foi a saida forçada do Jorge Costa - isso sim doeu! Quanto ao facto de o autor do blog não parecer benfiquista - não o conheço pessoalmento mas pelo que tenho lido esse benfiquista ao contrário dos outros supostos 5.999.999 não vê só vermelho - quer dizer cor de rosa.
Cumprimentos

Pedro Rocha disse...

O Miccoli não é um flop.
Quem estava sempre lesionado era o Sokota e mesmo assim o Pinto da Costa foi buscá-lo. Concordo com o último anónimo, ninguém é perfeito.
E quando O FCP compra jogadores ainda em maiores quantidades que o SLB a possibilidade de acertar é maior. Mas de qualquer modo, acertam muito mais que Benfica e Sporting juntos. Basta lembrar os avançados que o Luís Filipe vieira foi buscar nos dois últimos mercados de Inverno:
2005/2006 - Marcel
2006/2007 - Derlei

Pedro Rocha disse...

Claro que o Pinto da Costa o ano passado contratou um tal de Rentería...

Rui Gamboa disse...

Caro Pedro,

Achas que a melhor forma de se combater a máfia do porto, foi a do Vale e Azevedo? Só porque estava sempre a falar do Pinto da Costa? Espero bem que não.

A gestão do LFV é má, é mesmo. Mas é como digo, combate com armas desiguais. Ele até pode querer ser mafioso (como o anónimo diz, máfia há em todo o lado), mas a do porto está léguas à frente, como bem se pode provar, tanto nos anos em que ele está à frente do clube, como nos casos guimaros, cosmos, etc. E por muito que se fale do LFV, o Benfica foi campeão com ele, de que forma tenha sido, mas foi.

Acho que dizer mal da contratações é um erro, que facilmente se prova. Basta ver a quantidade de jogadores que são dados como "mancos" no Benfica e depois são grandes jogadores noutros clubes.

A lingua inglesa produz umas expressões óptimas, que em português é difícil traduzir: "what if?". Se formos ao dicionário procurar "discussões estéreis": vamos encontrar o seguinte: "what if o guimarães marcasse primeiro", assim mesmo, com mistura das línguas e tudo ;)