terça-feira, novembro 20, 2007

Será verdade?


J'AIME LA FRANCE


Será verdade que Carvalho da Silva tem muita pena de não ter nascido Francês onde agora estaria a liderar as grandes greves e protestos da França de Sarkozy? Onde as paralisações são reais, contam com muitos aderentes e notam-se os seus efeitos incomodando muita gente, ao contrário das greves portuguesas que só servem para os políticos e os agentes sindicais fazerem uma pequena batalha de números dos grevistas que nelas particioparam.




6 comentários:

Anônimo disse...

ESTE GAJO É GRANDE COMILÃO, VAI FAZENDO UMAS GREVEZITAS, QUER AUMENTOS DE 4.5 E 5%, QUANDO JÁ SABE QUE OS GOVERNOS NÃO AUMENTAM TANTO PS E PSD MAIS DO QUE 2.5%, ELE NÃO SABE PEDIR 3 OU 3,5% PARA VER SE O GOVERNO IA NA CANTIGA.
O CANARINO

Anônimo disse...

JÁ AGORA GOSTARIA ERA DE SABER O ORDENADO DELE MENSAL.
O CANARINO

Pedro Rocha disse...

Fazer exigências surrealistas não lembra ao diabo! Atirar números para cima da mesa com esta isplicência e sentido da realidade não ajuda nada os trabalhadores.

Anônimo disse...

Esse senhor nunca fez nada na vida. E salvo erro tem um ordenado de 3500€. Julgo eu que sai um artigo na Visão há uns meses atrás.

Anônimo disse...

Quero ver, é o que os trabalhadores vão ganhar com a próxima greve.
Duma coisa tenho a certeza, menos um dia de ordenado, e um fim de semana mais prolongado.
O Canarino

>Malaguetas disse...

Para quê fazer greve? Sim digam-me para que raio serve um dia de greve? Para nós trabalhadores, penso que o único efeito se traduz no fim do mês, a perda de um dia de vencimento e a ver como anda o país um dia de ordenado faz falta. Para quê fazer greve de apenas um dia? O sr. Engº até agradece que haja greve... sim porque é menos um dia que "ele" nos paga! Além disso não falta quem não faça greve, mas depois leva o dia inteiro a fazer a dita greve de zelo.