terça-feira, julho 22, 2008

Responsabilidades!

Haia vai julgar e já julgou responsáveis pelos crimes de guerra na ex-Jugoslávia.
Mas como foi possível a passividade das Nações Unidas concretizada pela acção das suas tropas no terreno? Não deviam os "senhores do mundo" também serem responsabilizados pelo que aconteceu?
Transcrevo umas linhas do livro de David Rohde que ganhou um Pulitzer por ter mostrado ao mundo a primeira sepultura comum nos arredores de Sebrenica:
"The international community partially disarmed thousands of men, promised them they would be safeguarded and then delivered them to their sworn enemies. Srebrenica was not simply a case of the international community standing by as a far-off atrocity was committed. The actions of the international community encouraged, aided, and emboldened the executioners. ... The fall of Srebrenica did not have to happen. There is no need for thousands of skeletons to be strewn across eastern Bosnia. There is no need for thousands of Muslim children to be raised on stories of their fathers, grandfathers, uncles and brothers slaughtered by Serbs." (Rohde, Endgame, pp. 351, 353.)

2 comentários:

servo de deus... disse...

É a justiça dos vencedores.

Pedro Rocha disse...

Não tem nada a ver com justiça dos vencedores.
As responsabilidades a imputar à comunidade internacional têm a ver com factos ocorridos durante o conflito.
Actualmente não fazem mais do que o seu dever em levar estes criminosos à barra do tribunal!